Domingo, 25 de outubro de 2020.
Notícias ››  

Carnês lideram na venda do varejo.

publicada em 12 de setembro de 2014
Práticos e seguros, feitos de plástico e chip, os cartões representam a maneira moderna de fazer compras.
Mesmo assim, não conseguem desbancar o prestígio conquistado pelos simplórios e, aparentemente, ultrapassados carnês de papel.
Grandes redes de lojas tem no carnê um importante aliado porque ele faz o cliente ir ao ponto de venda pelo menos uma vez por mês, quando a prestação vence.
Um ganho para o lojista na operação com o carnê é o seu custo, em princípio inferior ao das administradoras de cartão cuja taxa média varia entre 3% a 4% do valor da venda, observa o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas ( CDL ) de Porto Alegre, Gustavo Shifino.
Conforme observou o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas ( FCDL ), Vitor KOCH, o varejo, na verdade, nunca abandonou o carnê, apesar de o cartão das administradoras significar "inadimplência zero".
Entretanto, o custo para os lojistas com atrasos e não pagamentos no carnê é inferior ao custo da taxa das administradoras de cartão, acrescenta o dirigente.Esta eficiência financeira, diz, só é possível no segmento do varejo, especializado no tema análise de crédito.
"As grandes redes e parte do comércio dominam e sabem usar as boas ferramentas de controle de crédito, eficazes na prevenção da inadimplência", ressaltou Kock.
Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário
Correio do Povo

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››

Contato

Telefone
(55) 3412.3940 
(55) 3412.3264